Moradores do Bairro Eldorado reclamam de desaterro no alto da Rua 145

O vereador Raimundinho recebeu a denúncia.TIMÓTEO – Os moradores da Rua 145, no Bairro Eldorado, na Regional Nordeste da cidade de Timóteo, denunciaram na última semana, o trânsito de caminhões pesados na via, resultado de um desaterro na parte alta da Rua. Segundo informações dos moradores e constatado pelo vereador Raimundo Nonato Vieira, o Raimundinho, o fluxo intenso de caminhões na localidade, têm prejudicado grande parte do bairro.

POEIRA – Segundo explicou o vereador, a poeira ocasionada pelo trânsito dos caminhões, é resultado da terra que deles caem, o que é um problema que prejudica a saúde, suja as ruas e entope bueiros. “Constatei caminhões que transitam com excesso de peso, estragando e afundando o asfalto que não foi construído para este tipo de trânsito. A terra que caí dos caminhões está entupindo os bueiros”, destacou o vereador.

A fiscalização constatou o caminhão transitando sem a lona.

TUDO CERTO – O responsável pelo empreendimento, Kiko Silveira, disse em nota para o JBN, que o desaterro está licenciado, e que as ruas estão sendo varridas e molhadas todos os dias. Silveira ainda afirmou que os caminhões transitam devidamente lonados.

NOTIFICAÇÃO – Durante a visita do vereador Raimundinho, o fiscal do Setor Ambiental da Prefeitura, por encontrar o empreendimento em desacordo com o preconizado na licença expedida, notificou o responsável pelo desaterro. “Foi constatado pelo fiscal da PMT, que o empreendimento não está cumprindo as condicionantes imposta na licença. O empreendedor não está molhando as ruas e os caminhões transitando sem a lona”, revelou Raimundinho.

A pedido do JBN, a Prefeitura de Timóteo informou que o desaterro está em área particular, está licenciado, mas não cumpri as condicionantes. A PMT informou que já conversou com o proprietário do empreendimento e o mesmo se comprometeu lavar as ruas todos os dias após atividades.

 

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *