ACEITA QUE DÓI MENOS: Timóteo vai mesmo tratar o esgoto de Fabriciano

TIMÓTEO – A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que está sendo construída no Bairro Limoeiro, Regional Leste da cidade de Timóteo, vai mesmo tratar sem nenhuma compensação ainda indicada pela Copasa, o esgoto da cidade de Coronel Fabriciano. Ao contrário de Timóteo, os políticos de Fabriciano estão na cola da empresa querendo uma compensação pelos transtornos que a mesma vem causado nas vias públicas.

Na semana passada, uma comissão formada por seis vereadores – Diogo SiqueiraAlexandre MariaGeraldo GualbertoIvair Camilo e Tibata Adriano, visitaram a obra da Estação de Tratamento de Esgoto Integrado de Timóteo e Coronel Fabriciano. Durante a visita, os parlamentares foram recebidos no pátio da obra no Bairro Limoeiro, pelo Superintendente Operacional do Vale do Aço e Vale do Rio Doce, Albino Campos e o Gerente do distrito Regional do Vale do Aço, Rodrigo Ferreira.

Na oportunidade, os gestores do empreendimento  explicaram os detalhes construtivos da ETE e apresentaram a evolução das obras do sistema de esgotamento sanitário, mas, em nenhum momento falaram sobre a tal compensação devida a população de Timóteo, por está recebendo o esgoto de uma outra cidade.

Os vereadores Fábio Campos Binha e Alexandre Maria aproveitaram o encontro para indicar uma proposta de compensação para o Distrito do Setor 7, devido ao possível impacto ambiental que a obra poderá causar na regional.

FORNECIMENTO DE ÁGUA

O Vereador Fábio Campos Binha, juntamente com os demais vereadores da comissão, cobraram da Copasa melhorias no fornecimento de Água Regional Leste. A comissão ainda esclareceu para os diretores da concessionária, que a falta de abastecimento de Água tem se tornado frequente em todos os bairros da localidade.

Outra cobrança indicada pelos vereadores tem o foco nos  vazamentos frequentes de esgoto no trecho que liga os Bairros Alphaville ao Macuco, próximo ao Distrito industrial II.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *