Paraíso declara guerra contra o mosquito causador da dengue

SANTANA DO PARAÍSO – Conforme o LIRA (Levantamento Rápido de Infestação por Aedes Aegypti) realizado em janeiro de 2018, pela Secretaria de Saúde,  Santana do Paraíso encontra-se em situação de risco para doenças causadas pelo Aedes Aegypti. As principais doenças transmitidas pelo mosquito são Dengue, Chikungunya, Zika e Febre Amarela. Nas últimas semanas houve um aumento expressivo no número de notificações de Dengue em todo o município. Os bairros que mais notificaram são: Centro e Alto Santana.

Combate a Dengue

A Vigilância Epidemiológica, junto à Atenção Básica e o Setor de Obras intensificam as atividades de prevenção nas áreas de maior risco, com objetivo de minimizar e quebrar a cadeia de transmissão e o ciclo do mosquito. A partir desta quarta-feira, 14, será realizada uma mobilização com atividades educativas e de manejo ambiental nos bairros Centro e Alto Santana.

Combate a Dengue

A prefeita Luzia de Melo conclama a população para participar junto com as equipes no combate ao mosquito que tem causado muitos transtornos para o município. “Solicitamos a todos que recebam nossos agentes de saúde em suas casas que estarão levando orientações importantes, juntos, governo e população, venceremos essa batalha. Não podemos ficar de braços cruzados, devemos fazer a nossa parte, vamos contribuir fazendo a limpeza de nossos ambientes, casas, lotes, não jogar lixos em vias públicas, eliminando possíveis reservatórios de água’’, explica.

Combate a Dengue

É importante lembrar que, os principais focos encontram-se dentro das casas e lotes, em recipientes garrafas pets, copos descartáveis, tambor, caixas d’águas, pneus, vasos de plantas, tampas de garrafas, reservatórios de geladeiras, filtros de barros, bebedouros de animais e outros.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *