Premiações compradas por políticos com recursos públicos, denunciadas pelo Fantástico, serão investigadas pelo MP

REDAÇÃO – O comércio de diplomas de mérito para vereadores, prefeitos e secretários municipais será investigado pelo Ministério Público de Minas Gerais. Políticos mineiros são suspeitos de usarem recursos públicos para conquistar as premiações. As empresas que fornecem os prêmios são a União Brasileira de Divulgação, ou UBD, de Pernambuco, e o Instituto Tiradentes, de Minas Gerais. Juntas, as duas instituições promovem até 20 premiações por ano, conforme denúncia exibida no Fantástico do último domingo (5). Políticos de Timóteo, Coronel Fabriciano, Ipatinga e várias outras cidades da Região Metropolitana do…

Leia Mais